PRAÇA URBANA

Germana Paz e Hellen Dalla

A Praça Urbana foi pensada como uma ilha de paz no meio do caos urbano. Este ambiente possui poucos elementos para que o olhar descanse e a mente se tranquilize. A água, o fogo e o painel de cobogós do artista Hilal Sami Hilal são componentes importantes da proposta, pois incitam a contemplação, aumentando o tempo de permanência na praça.

Neste espaço, foram utilizados poucos revestimentos de acabamento, baixando o custo final do projeto, mas sem abrir mão da beleza e da sustentabilidade. Os exemplos são o piso em cimento e o banco de madeira; as lixeiras são peças de design sustentável da Ecohar; a iluminação da praça é toda em LED; as granilhas que fazem parte do desenho do piso permitem que a água da chuva seja drenada, recarregando o lençol freático, e a lareira é alimentada por um biofluido sem derivados de petróleo.

Comente com o Facebook: