Engenho de Dentro - Gilbert Chaudanne

Primeira publicação de Dayse Egg de Resende, livro mostra a trajetória de artista francês radicado no Espírito Santo


“[...] Para você, caro apreciador de arte, para você apreciar, amar meus quadros há de esquecer que fui eu quem os pintei, esquecer quem sou como pessoa porque a pessoa é apenas uma persona, uma máscara que diz que não é o que parece ser, o quadro me leva em um ‘lugar-de-mim’ que não é eu mas que, entretanto, precisa de mim. Sou o pai do meu quadro porém o pai adotivo e a adoção não foi eu que a fiz, foi o quadro. [...]”

Gilbert Chaudanne


A primeira vez que viu Gilbert Chaudanne, Dayse Resende era uma estudante de pré-vestibular de 17 anos de idade. Sentado em uma mesa, acompanhado de um livro e uma xícada de café, no Centro Praia Shopping, o artista francês, já conhecido em toda Vitória por suas Madonas e livros artesanais, chamou a atenção da jovem pela sua aparência e postura. 

“Talvez pelo seu jeito de vestir, seu cabelo comprido, o olhar azul que sorri e dá bronca, que vê e mostra, e principalmente seu jeito singular de falar”, conta hoje a artista plástica, empresária e advogada, que hoje permanece amiga e apreciadora dos trabalhos de Chaudanne.

Ao ter maior contato com o artista, com seu estilo de vida e método de criação, Dayse Resende percebeu a relevância da figura de Chaudanne enquanto artista e articulador cultural. Notou sua grande contribuição para a o cenário artístico e para uma geração de artistas locais.

“Ele teve uma participação relevante na década de 80 e 90 nas áreas das artes plásticas, literatura e teatro com uma vasta e volumosa produção artística, que teve uma grande contribuição: a preservação da memória das artes do estado do Espírito Santo”, enfatiza.

Dayse compreendeu a importância e urgência em organizar, registrar e comunicar a vida e obra de Gilbert Chaudanne, para que não se perdesse


pelo tempo, nas mudanças físicas, geográficas e pessoais a que 
somos acometidos. Nesse intuito, se assumiu como pesquisadora e levantou todos os documentos do processo de criação do artista. São cadernos e livros artesanais, folhas avulsas, anotações desorganizadas e misturadas, que materializam as ideias, os pensamentos, a construção do objeto artístico de Chaudanne. 

Essência da criação

Entre encontros semanais, visitas à residência/ateliê e entrevistas, Dayse precisou, aos poucos, conquistar o espaço de Gilbert, para assim ter acesso aos seus inúmeros documentos, e então fazer o levantamento, registro e organização de dados.

A pesquisa resultou na obra Engenho de Dentro - Gilbert Chaudanne, que inaugura a série O Artista e seu Duplo, e trata da trajetória desse artista francês radicado há 30 anos no Espírito Santo, explorando seus documentos de processo criativo, relações e experiências vivenciadas. Enquanto autora, Dayse procurou evidenciar, de maneira simples e sutil, a essência criadora de Gilbert Chaudanne, destacando suas vivências e características singulares: 

“Chaudanne possui uma impressionante capacidade produzir inventivamente e por em prática cada ideia. Isso norteia, inclusive, o nome do livro, que é o engenho de dentro de tudo isso: criar e realizar com pouco ou recurso financeiro, mas, de forma intensa, envolvendo grupos e a sociedade em seus projetos”. 

Como destaca a autora, o importante em sua busca é conhecer e compreender a essência das coisas, estabelecendo relações e construindo conhecimento. O artista produziu inúmeros trabalhos e criou diversas e originais ideias: 16 livros artesanais publicados; participação em mais de 18 obras com texto de apresentação ou ilustrações; mais de 300 palestras proferidas; 800 cartazes artesanais de divulgação de eventos ou projetos; mais de 2000 pinturas; cofundação e participação do Grupo de Teatro Tarahumaras; mais de 100 exposições, coletivas e individuais.

                                 

Durante a pesquisa, foram catalogados 960 documentos sobre o processo de criação de Chaudanne. Dayse afirma que sua principal intenção, ao publicar esta obra, deriva do verbo instigar, e objetiva o olhar e acesso de novos pesquisadores. “Que o livro seja um instigador e reverberador de interesse para que outras pessoas possam pesquisar Chaudanne para a área da literatura e do teatro também. Um fomento e gerador de interesse para estudo de artistas e autores capixabas nas universidades de todo o país”;

Em Engenho de Dentro - Gilbert Chaudanne, o leitor poderá adentrar o universo criador do artista. A obra se apresenta como o registro e comprovação de toda a produção multifacetada e global de Chaudanne. Com apoio da Lei Rubem Braga, Instituto Sincades, Cecon e Multiscan, a publicação chegaou aos olhos do público capixaba no dia 14 de maio, lançada na Biblioteca Pública Estadual do Espírito Santo.


Sobre a autora
Advogada e artista plástica, Dayse Egg de Resende trabalha sob o compromisso e objetivo de representar e promover obras de arte inovadoras e singulares para o Espírito Santo, que provoquem os visitantes a refletir sobre arte contemporânea.

Proprietária do Escritório de Arte Dayse Resende desde 2009, atua como curadora e consultora de arte, além de articuladora cultural. Dayse também coordena um blog, onde dissemina conteúdo de ideias, projetos e curiosidades sobre design, arquitetura e artes. A página dispõe de conteúdo especializado acessível para estudantes e profissionais, introduzindo um material sobre a cena artística capixaba, além de diferentes linguagens e suportes no campo da arte. 

Com a presença de artistas, escritores, decoradores, arquitetos e demais figuras importantes de Vitória, o lançamento do livro Engenho de Dentro - Gilbert Chaudanne contou com uma palestra entre a autora e o artista, assim como uma sessão de autógrafos. 









Lançamento do livro Engenho de Dentro – Gilbert Chaudanne
Autora: Dayse Egg de Resende

14 de maio (quinta-feira), das 19h às 21h

Biblioteca Pública Estadual do Espírito Santo

Av. João Batista Parra, 165 - Praia do Suá, Vitória-ES

Aberto ao público


Informações à Imprensa:

Ana Luiza Calmon
(27) 99248.8400

contatodayseresende@gmail.com
analuizacro@gmail.com

#engenhodedentro #gilbertchaudanne #dayseresende #artecapixaba #oartistaeseuduplo 

Comente com o Facebook: