Mostra William Shakespeare 400 Anos Depois


Pinturas, esculturas, instalação e objetos materializam em diferentes expressões artísticas um dos maiores escritores da língua inglesa. Essas obras compõem o acervo da mostra William Shakespeare 400 Anos Depois, que será inaugurada no dia 8 de abril, sexta-feira, na Sala de Exposições Temporárias do Museu Mineiro (Circuito Liberdade)localizada na Av. João Pinheiro, 342, Funcionários, Belo Horizonte, MG.

A exposição tem o objetivo de homenagear Shakespeare e proporcionar um momento de reflexão e releitura da imensa obra existente, enquanto expressão e representação cultural, visando incentivar e divulgar as artes visuais.

A mostra, que ficará em exposição até o dia 11 de maio de 2016, apresenta trabalhos de trinta e um artistas, escolhidos em edital da Secretaria de Estado de Cultura. O processo de seleção instigou os artistas a um momento de reflexão e releitura da imensa obra existente de Shakespeare enquanto representação cultural.

As peças exibidas na exposição são resultado da influência universal dos indeléveis textos de William Shakespeare, que continua inspirando artistas em todo mundo. Diante de seu vasto legado, composto por dramas históricos, comédias e tragédias, os artistas selecionados produziram trabalhos instigantes, tendo os personagens ou o ambiente shakespeariano como referência.


A superintendente de Museus e Artes Visuais, Andréa de Magalhães Matos, explica a dimensão de Shakespeare citando o mesmo. “Há uma passagem no Soneto XVIII, versos 13-14 que diz: ‘Enquanto o homem viver, e longe for o olhar, essa obra há de ter vida, e nela tu hás de estar’. Essa exposição é uma clara demonstração do quanto William Shakespeare está vivo e como é importante trazê-lo ao convívio das artes plásticas".

O presidente do Centro de Estudos Shakespeareanos, Erick Ramalho, explica a imortalidade do dramaturgo. “A obra de Shakespeare sobrevive após 400 anos de sua morte também por vir se transformando, ao longo do tempo, em via de mão dupla. Artistas criam novas obras a partir do texto teatral e poético de Shakespeare. E Shakespeare ganha novos leitores e espectadores que são levados ao seu texto pela presença de seus temas e personagens nas artes diversas”.

Nós vamos a Belo Horizonte exclusivamente para cobrir a abertura da Exposição William Shakespeare, 400 Anos Depois

Confira aqui os artistas participantes da coletiva:

Marcos José Lima Castro, Iara Lúcia de Abreu ,Fernanda Maria de Oliveira Borges, Fernando Luiz de Oliveira Campos,Maria Eugênia Simões Chaves, Maria Efigênia de Souza Lima, Fernando Correa de Melo Pacheco, Diego da Silva Rodrigues, Hogenério Pereira da Silva, Yara Tupinambá,  Maria José Cunha da Fonseca, Marília Pierazoli, Andreza Ferreira Nazareth Nery, Zélia Maria de Mendonça, Elisane Lúcia Neiva Gomes, Belkiss Diniz Ribeiro da Glória, Thelma Rodrigues de Quevedo, Lélia Maria Parreira Duarte , Rui de Paula Santos Filho, Gerson Moreira de Souza,Welivander César de Carvalho, Marco Aurélio Rabello Guimarães,Alexandre Abreu Valle, Cristina Nunes Arruda, Leonard de Oliveira Brizola, Vânia Lúcia Braga Valadão, Mário Lúcio Arreguy Maia, Letícia Pinto de Oliveira, Igor Gosling Alvarenga, Valéria Regina Delfim Terres, Alessandra Gomes Cioletti.

A exposição Willian Shakespeare 400 Anos Depois faz parte das atividades em homenagem ao escritor inglês, realizadas durante o 1º semestre de 2016, e que envolvem ainda palestras e curso para educadores. A vasta programação é promovida pela  Superintendência de Museus e Artes Visuais, da Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com Centro de Estudos Shakespeareanos (CESh).

Acompanhe a programação do evento William Shakespeare, 400 Anos depois em:  www.cultura.mg.gov.br

Evento tem entrada gratuita e faz parte das atividades em homenagem ao quadricentenário de morte do dramaturgo inglês

Serviço
Mostra "William Shakespeare 400 Anos Depois"
Data: 8 de abril
19 horas abertura
Período da Exposição: de 8 abril a 11 de maio de 2016
Local: Museu Mineiro – Sala de Exposições Temporárias
           Av. João Pinheiro – 342 – Funcionários – Belo Horizonte
Entrada Gratuita
Informações: (31) 3261-1103
Horário de Visitação:
Terça, quarta e sexta – das 10h às 19h
Quinta – das 12h às 21h
Sábado e domingo – das 10h às 19h

Assessoria de Imprensa – Angelina Gonçalves – (31) 3269-1109/ 9 8876-8987

#exposição coletiva #museumineiro #arte #willianshakespeasre

Comente com o Facebook: