Art at Florense Territórios Entrelaçados





Realizada pela Florense, com apoio do Escritório de Arte Dayse Resende, a exposição Territórios Entrelaçados inaugura o projeto Art at Florense em Vitória.

Territórios entrelaçados

Art at Florence vem apresentar a mostra pop-up Territórios entrelaçados, acerca dos trabalhos desenvolvidos atualmente por Dayse e Sandra Resende. Mãe e filha artistas com papel fundamental na circulação e fomento ao sistema de arte capixaba.

Ao se colocar de encontro com os trabalhos expostos, o que fica em evidência é a desconstrução de narrativas tradicionais no meio artístico. Telas de natureza abstrata insinuam dois trajetos diferentes onde o ponto de contato convergente é estabelecido pelo afeto e pelo fazer. Afinal, são experiências trocadas sem medida de tempo dentro e fora dos ateliês de ambas que tornaram-se ferramenta artística. Localizados em esquinas vizinhas de Jardim Camburi, bairro que virou assunto nas séries de pinturas das duas, Dayse está a frente do Escritório de Arte que leva seu nome com pretensões de migrar pra um espaço próximo e maior em breve.

Em seu ferramental conceitual, Territórios entrelaçados mapeia a modernidade e a figuração dando espaço a imaterialidade e a filosofia da arte apontando o surgimento de duas questões, quando o olhar se confronta com as telas: Quando se dá o acontecimento? Quando se dá a experiência? As respostas podem ser apropriadas tanto para orientar o espectador, quanto para as próprias artistas, no sentido que viram uma ficha cartográfica para a ativação de camadas simbólicas ao mesmo tempo em que mesclam saberes e, assim, guiam o percurso da exposição.

Em Sandra há uma certa dramaturgia das ações, o trabalho se impõe pela própria força. O expressionismo impresso nas telas indica uma questão cara e suprema nos percursos da arte contemporânea. Sua arte apresenta Essência e Ideia. Um convite ao exercício do Olhar pra perceber a imagem mais uma vez. Sempre haverá o que buscar.

Já na produção de Dayse, uma nova articulação. É possível relacionar com os espaços habitados fora da galeria. Pensar nas andanças pela cidade, por exemplo. E propor uma espécie de exposição mental. Encaixando essas imagens quase fantásticas com as imagens cotidianas e entendendo seu trabalho como um dispositivo criador de linguagens.

É certo que as perguntas que rondam os trabalhos são muitas e seus percursos exigem atenção. Se em Sandra é por meio do confronto com a tela. No trabalho de Dayse, fica clara a proposição de que só a arte pode imaginar o que não se apresenta racionalmente.

Tão logo, esta exposição abriga muitas faces e possibilidades de desdobramento a serem descobertas nos trabalhos destas duas mulheres, mesmo após tantos anos de jornada produzindo arte ainda é possível assistir um trabalho fresco e contemporâneo. Pensar a razão que motivou o exercício de pintar pra essa família assegura o mistério e, talvez o poeta curitibano Paulo Leminski tenha dado uma dica ao propor que "a arte é a maneira que o homem encontrou de ir além da necessidade."
obras da série Geografia Afetiva, Dayse Resende
                                                                                                    Michaela Blanc, Curadora

Trabalhos de Sandra Resende







Objeto do desejo _ Tetris

Art at Florense: Exposição Territórios Entrelaçados

Artistas participantes:  Sandra Resende e Dayse Resende
Abertura: 11 de agosto (quinta-feira), 19h
Duração: de 11 de Agosta a 15 de semtebro 2016.
Curadoria: Michaela Blanc
Divulgação: Ana Luiza Calmon Jornalismo
Apoio: Florense, Florense Vitória, Escritório de Arte Dayse Resende, Rota capixaba e Sindiappes
Produção: Engenho de Dentro_ coletivo
Expografia: Geraldo Lino Arquitetura

Florense Vitória (Próximo à loja Missbella e após a saída da terceira ponte, em direção à praia)
Rua Humberto Martins de Paula, 140 – Enseada do Suá, Vitória
Contato: 027.3235.1964



Comente com o Facebook: