Buffet: utilidade e design na sala de jantar

 Buffet
Buffet Chan, de Jader Almeida: design contemporâneo - Loja Stampa
Mais do que funcional, a peça valoriza o ambiente com um visual cada vez mais versátil, com grande variedade de cores e acabamentos para decoração cada vez mais personalizada.

Florense Vitória_ 
 Mais que mesa e cadeiras, a sala de jantar resgatou outro item essencial e que tem ganhado cada vez mais adeptos. É o buffet. Além de ser um apoio para a mesa de jantar, ele que é útil para guardar louças, talheres e copos, facilitando a arrumação da casa e da mesa para receber os amigos ou familiares.

Para o arquiteto Geraldo lino, muito mais que isso, o buffet vem ganhando a atenção de grandes designers brasileiros e marcas de móveis que capricham nos acabamentos, materiais e cores, tornando a peça item de desejo para todos nós.

Buffet traz mais charme à sala de jantar.

Segundo a empresária da Canto Encanto, Ruth Rebello, a procura pelo buffet tem se tornado cada vez maior, e mesmo em apartamentos compactos, há buffets em tamanhos horizontais e também verticais, ideais para apartamentos pequenos que não querem ficar sem a peça.

Algumas vezes o buffet também é escolhido como o ponto de cor do ambiente, pois as pessoas ainda preferem mesas e cadeiras em tons clássicos como preto, branco ou marrom, e o buffet ganha destaque no ambiente por ser em tons coloridos, principalmente em laca fosca ou brilhante, tendência da decoração.

É o caso do buffet amarelo assinado por Ronald Sasson em um dos ambientes da loja Canto Encanto Casual, assinados por Georgia Mendonça. Em qualquer ambiente ele se torna destaque por conta da cor e design que chama a atenção.

 Buffet de Paulo Sartori no ambiente
projetado por Rodrigo Martinelli
Outra novidade é o buffet bar, que pode ir além da sala de jantar, ou seja, em outros ambientes como sala, living, varanda. As peças são em geral menores e mais compactos, ideais para colocar peças que vão auxiliar na recepção das pessoas naquele ambiente como taças, abridor de vinho, entre outros produtos. São dois buffets bar, posicionados de forma estratégica um em cada lateral, e são assinados por Paulo Sartori. Eles são feitos de laca metalizada bronze.

Para os tradicionais que gostam de harmonizar a mesa de jantar com o buffet, a dica é apostar na linearidade da peça. Um exemplo é o ambiente ‘Refúgio da família’ assinado pelo arquiteto Rodrigo Martinelli. O buffet, parte em madeira e parte frontal em laca branca, assinado por Paulo Sartori, compõe o espaço em sintonia com a mesa que possui os mesmos materiais, também assinado pelo designer.

Madeira


Stampa - Buffet Raia, da Schuster, faz uma releitura das venezianas típicas da arquitetura colonial
Os buffets de madeira também são uma tendência, como explica a empresária da Sampa, Carmem Dolores Souto: “Eles deixam os ambientes mais aconchegantes e dão um caráter atemporal à decoração. Além disso, a madeira é uma matéria-prima nobre e pode combinar com as cores dos estofados e acessórios. Grandes marcas e designers têm investido no buffet, como Jader Almeida e Paulo Alves”, conta Carmem Dolores.  

O buffet Cercadinho, por exemplo, criado por Paulo Alves, chama a atenção não só pela funcionalidade como também pelo caráter sustentável. O designer é conhecido por reaproveitar matérias-primas e nesta peça ele dá novo uso às sobras de madeiras nobres e compensado de reflorestamento. Não é à toa que a peça foi selecionada para o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, e para o salão Maison & Object, em Paris.
tampa - Buffet Cercadinho, criado por Paulo Alves, mescla a sobra de madeiras nobres em uma peça sustentável

Já o buffet Chan, assinado por Jader Almeida, tem estrutura em madeira maciça e design contemporâneo, ganhando destaque em qualquer sala de jantar ou estar. Afinal, ele também pode fazer as vezes de aparador.

 Buffet Vendôme, do designer Ronald Sasson.
O buffet Raia, por sua vez, faz uma releitura das venezianas presentes nas esquadrias e janelas da arquitetura colonial e nos móveis tradicionais. As ripas das venezianas assumem formas mais contemporâneas e orgânicas e agregam também a função de puxador das portas nesse modelo produzido pela Schuster.

Outro modelo em madeira que se destaca na decoração é o buffet Vendôme, do designer Ronald Sasson. A peça possui formas arrendondadas, acabamento amadeirado e pés metálicos. A peça é encontrada na Stampa.

Onde encontrar as peças em Vitória

Canto Encanto Atual –Avenida Rio Branco, 658, Santa Lúcia, Vitória. Tel: (27) 3029-5222.
Florense Vitória - Humberto Martins de Paula, 140 - Enseada do Sua, Vitória. Tel: 27) 3235-1964 Stampa: Avenida Desembargador Santos Neves, 25, Praia do Canto. Tel: (27)  3089-5555

Fotos: Divulgação, Felipe Araujo, thuanny louzada e Dayse Resende

Comente com o Facebook: