EADR _ Escritório de Arte Dayse Resende no Casa Cor 2016



Instalação Ciclo  -  Projeto que ultrapassa a linha da arte e natureza, intervindo num devir entre arte e vida apresenta seus bulbos de Amarílis revestidos em folhas de ouro, localizada no Coquetel Lounge, Projeto de Geraldo Lino. Instalação Efémera de Rogéria Maciel, artista representada pelo Escritório de Arte Dayse Resende.
O Escritório de arte Dayse Resende, acompanhando as tendências do mercado de interiores, retorna ao Casa Cor do Espírito Santo para apontar novas pesquisas artísticas e seus desdobramentos alargando o conceito de morar.  O Escritório se fundiu a montagem do espaço de Geraldo Lino assistindo seu projeto através da prática artística contemporânea.

Artistas capixabas e de outras regiões do Brasil, como Minas Gerais, Ceará, Bahia e Santa Catarina, propondo múltiplas técnicas como pintura, gravura, fotografia,instalação e objetos de parede com a intenção de indicar a pluralidade da cultura brasileira e sua ilimitada possibilidade de desdobramentos.

Para além da diversidade da produção, o Escritório se preocupa com a composição dos espaços e, principalmente, com quem os ocupa. Afinal, estamos em um evento que trata de ambientação e convívio. Não se trata apenas de levar obras de arte, que comumente estão em instituições culturais, pro espaço da morada. Trata-se de  estabelecer relações simbólicas com os trabalhos lançando comunicação com quem vive ali.

Pensando na criação e fortificação dos laços  ofertados pelo significado de Casa, a curadoria, feita pela galerista do Escritório de Arte, trouxe para esse local da residência os artistas, Valdelice Neves, Sandra Resende, Rogéria Maciel, Luciano Cardoso, José Guedes, Jocimar Tavares, Izabel Vidal, Edu Mariano, Diego de Santos, D.nah e Dayse Egg de Resende.

Apesar de suas produções terem percorrido diferentes trajetos, ainda sim podemos colocá-los aqui como protagonistas no papel de vizinhos num condomínio. Suas conexões podem ser tortuosas mas estão lá. Uma questão que habita o território dos afetos.

Escultura de José Guedes
Rogéria Maciel com projeto que ultrapassa a linha da arte e natureza, intervindo num devir entre arte e vida apresenta seus bulbos de Amarílis revestidos em folhas de ouro. Edu Mariano contaminado por sua vivência em arte e educação, lida diretamente com o olhar do espectador. Sua posição é dar vozes e ecoar potências de diferentes discursos.

Em José Guedes seus cortes e fendas aparecem como determinantes para o conjunto de seus trabalhos. Sandra Resende contribui com seus redemoinhos abstratos traduzidos em pinturas.

Os tridimensionais de Jocimar Tavares fixados às paredes e sugerem uma espécie de mapa em seu campo de alcance. Os desenhos de Luciano Cardoso, sob força negra do traço preto, seus desenhos trazem pequenas estruturas ósseas que ao serem vistas distantes formam uma cadeia calcária. A paisagens desconstruídas de Dayse Egg de Resende, também se fazem presentes. São cliques do olhar da artista a partir de seu Caminhar pelas ruas de Vitória.

As fotografias de Diego de Santos oferecem um corte no tempo, são literais mensagens em garrafas. Já seus desenhos são atraentes por sua simplicidade, uma crítica a sociedade atual indicada de forma sutil. O trabalho de N.Dinah pode ser comentado por seu raciocínio plástico, o uso do azul em sua  redoma, convidando ao mergulho. Os casulos de Valdelice Neves são invólucros, pequenas moradias por si mesmas. Joana Dárc Fortes

Por fim, todos os artistas em suas particularidades e questões operam e produzem numa região de abrigo poético, como diria Lygia Clark. Atestando assim, sensibilidade ao mesmo tempo em que sugerem um jogo de trocas e acordos entre si e para com o  espaço de habitar. 

Sandra Resende, Obra da Série Nova Riqueza, 100x100, ast, 2016. obras localizada no Coquetel Lounge, Projeto de Geraldo Lino. artista representada pelo Escritório de Arte Dayse Resende.


Esculturas: Casas de Marimbondos obras de Valdelice Neves.obras localizada na Varanda Gourmet, Projeto de Giovani Chistè. artista representada pelo Escritório de Arte Dayse Resende.
Valdelice Neves
Arquivos Naturais Valdelice Neves, Poliedros, Obra exposta no Museu Inimà de Paula, presente no ambiente  Hall Intimo casa Cor 2016.Projeto: Duna Arquitetura (livia Picheira e Kelly Christi), Jacquline Barros e Carla Freire


Desenhos  "Renda" de Luciano Cardoso
 e  de Diego de Santos
Objeto de J. Tavares em aço carbono, 2016,
 criado exclusivamente para ambiente Hall Intimo.
Escultura de Ndinah, Casa Cor 2016, ambiente de N. dinah
Intervenção Artística de Edu Mariano na arquitetura do hotel Canto do Sol, Casa Cor ES.
Artista representado pelo Escritório de arte Dayse Resende.
Arte Naif: Sereias  obras de  Joana Darc Fortes. Obras localizada na Varanda Gourmet, Projeto de Giovani Chisté, artista representada pelo Escritório de Arte Dayse Resende.

Escultura em Granito de Izabel Vidalna Varanda Gourmet,
 Casa Cor 2016, ambiente  Varanda e Piscina Gourmet, Projeto de Giovani Chisté

obra: conjunto de Fotografias da séirie                     , Diego de Santos, artista representado pelo Escritório de Arte Dayse Resende no ES. Projeto Hall Intimo: Duna Arquitetura (livia Picheira e Kelly Christi), Jacquline Barros e Carla Freire


Objetos Aéresa











Outros trabalhos www.galeriadeartedayseresende.com











Comente com o Facebook: