Gerenciamento de obras reduz custos


Construir ou reformar, toda obra precisa de gerenciamento, um gestor
Custo ou investimento? De pequenas reformas a grandes construções, o gestor de obras administra todas as etapas e evita os desperdícios e outros problemas que possam acarretar até mesmo o atraso na entrega
 Tempo é dinheiro. O velho ditado popular se aplica perfeitamente em vários aspectos, especialmente quando o assunto é gerenciamento de obras. Mas você sabe qual o papel do gestor de obras? Um dos papéis do gestor é garantir que a construção seja realizada dentro do prazo estipulado, obedecendo aos custos previstos e aos padrões de qualidade e desempenho contratados pelo cliente.

Com ampla experiência na área da construção civil, a arquiteta com especialização em engenharia civil, da Control Projetos, Sati Fukunaga, destaca os contratempos quando não há um profissional experiente envolvido. "Além das perdas financeiras, do tempo contratado, é comum ouvirmos histórias de clientes com problemas emocionais decorrentes dos inúmeros imprevistos de uma obra que não conta com um gestor”, relata.

O profissional responsável por gerenciar uma obra tem entre suas funções administrar as equipes envolvidas, o cumprimento do cronograma e a previsão financeira, todos de forma simultânea. Sati lembra que para isso é importante o conhecimento de custos, contratos, prazos, além de ser organizado e um bom gestor de pessoas.

Tipos de obra

De acordo com o modelo definido com o contratante, pessoa física ou jurídica, o gerenciamento pode ser feito total, incluindo desde a escolha na contratação de profissionais com experiência, que varia conforme cada tipo de empreendimento, definição de sistemas estruturais, acabamentos e mão de obra. Já no modelo de gerenciamento parcial há uma divisão de tarefas, inclusive com a participação do cliente, como responsável por algumas tarefas, a exemplo da compra de insumos.

A arquiteta não esconde que há grandes desafios no gerenciamento de obras. “A nossa função é seguir o que foi estipulado e oferecer os melhores resultados aos clientes. Por outro lado, temos que lidar com prestadores de serviços que, infelizmente, nem sempre cumprem os prazos. Desta forma procurarmos também manter uma lista de profissionais parceiros comprometidos e de confiança”, explica.

Outra vantagem na contratação de um gestor de obras é que ele consegue planejar até mesmo os possíveis contratempos, desde a falta de material, mudanças climáticas que impactam a obra, atraso ou cancelamento de fornecedores. “Imagine passar todos estes problemas ao proprietário de um imóvel ou grande empreendimento? O que ele quer é solução e não problemas, por esta razão a importância do nosso trabalho”, conclui Sati.

Sobre a Control Projetos

A Control Projetos é uma empresa de Arquitetura e Urbanismo, especializada em consultoria e gerenciamento de projetos e obras. Com ampla experiência e atuação em obras no Espírito Santo e outros estados do País, na gestão de obras dos mais diversos portes, de pessoas físicas e jurídicas.

Comente com o Facebook: